domingo, 26 de outubro de 2014

Festival Internacional de Banda Desenhada de Amadora

AmadoraBD 2014 - 25.º Festival Internacional de Banda Desenhada

Começou na última sexta-feira, 24 de outubro de 2014, em Portugal, a vigésima quinta edição do Festival Internacional de Banda Desenhada de Amadora. Com organização da Câmara Municipal de Amadora, o Festival conta com muitas atividades e a presença de artistas portugueses e de diversos outros países.

Várias exposições foram organizadas especialmente para o evento, a saber:

- Galáxia XXI: O Futuro da Banda Desenhada é agora, enfocando o desenvolvimento das histórias em quadrinhos e as tendências para o futuro;
- O Batman faz 75 anos, celebrando a carreira de um dos personagens mais populares dos quadrinhos norte-americanos; 
- 50 Anos de Mafalda, comemorando o cinquentenário de criação da mais conhecida personagem dos quadrinhos latinoamericanos;
- Exposições individuais dos artistas Joana Afonso, prêmio nacional de Banda Desenhada em 2013, Catarina Sobral, prêmio de Melhor Ilustração de Livro Infantil de Autor Português em 2013 e de José Ruy, em comemoração a seus 70 anos de atividade na produção de histórias em quadrinhos.

Outras atividades envolvem Concursos de Banda Desenhada, Exposição das histórias em quadrinhos indicadas para os Prêmios Nacionais de 2014, visitas guiadas. O núcleo das atividades do Festival ocorre no Fórum Luis de Camões, com atividades ocorrendo também na Casa Roque Gameiro e  no Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem. Programações especiais são também desenvolvidas em Lisboa (Exposição dos álbuns em quadrinhos de Blanca Rosita Barcelona, de Miguel Galhardo; Exposição em homenagem aos artistas António, Xaquin Marin, e Yuiy Porelov; Festa da Caricatura, entre outros) e Almada (Curso orientado por Nuno Saraiva).

O Festival de Banda Desenhada de Amadora encerra-se em 9 de novembro de 2014. Maiores informações podem ser encontradas no endereço eletrônico www.cm-amadora.pt.

Waldomiro Vergueiro

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Revista História Viva Grandes Temas publica edição especial sobre os super-heróis



A Ediouro Duetto Editorial acabou de colocar nas bancas a edição do mês de outubro de 2014 (num. 52) da coleção História Viva Grandes Temas, dedicadas aos super-heróis das histórias em quadrinhos. Com o título Super-Heróis contam a história do Século XX, a revista dedica suas 81 páginas ao tema. 

Com muitas ilustrações, grande parte do conteúdo da revista é retirado da edição francesa da revista Historia, editada pela Publicações Sophia. O restante dos artigos é elaborado por autores brasileiros, como Rodrigo Fonseca, Roberto Guedes, Eduardo Souza Lima, Michele Aparecida Evangelista e Patrícia Vargas Lopes de Araújo.

Os artigos são apresentados em ordem cronológica, enfocando o início dos quadrinhos como meio de comunicação de massa, nas páginas dos suplementos dominicais dos jornais norte-americanos e o aparecimento dos primeiros heróis, ainda não propriamente super, Mandrake e Fantasma, ambos criações do roteirista Lee Falk (o Fantasma, inclusive, merecerá da revista um artigo próprio, escrito pelo brasileiro Rodrigo Fonseca). Segue-se, como não poderia deixar de ser, o aparecimento dos primeiros super-heróis, liderados pelo Super-Homem de Jerry Siegel e Joe Shuster, uma análise da participação dos heróis na Segunda Guerra Mundial, com ênfase no Capitão América, uma discussão sobre a eterna luta do Batman contra o crime, a influência da era atômica na criação de super-heróis, especialmente no que diz respeito ao Hulk, a postura anti-comunista da primeira versão do Homem de Ferro, e os aspectos genéticos que determinaram o aparecimento dos X-Men

Atenção especial merecem as dificuldades enfrentadas pelas histórias em quadrinhos de super-heróis na época da caça às bruxas, quando foram vítimas das acusações do Dr. Fredric Wertham, autor do livro Seduction of the Innocent, publicado em 1954. Os super-heróis brasileiros comparecem em texto de Roberto Guedes, ele mesmo criador de um deles, que destaca a longa tradição dos nossos autores nessa área e as dificuldades por eles enfrentadas para se manter em atividade. Os leitores mais antigos certamente vão se deliciar revendo personagens como o Capitão 7, Judoka, Raio Negro e Mylar.

Um toque da atualidade dos super-heróis não poderia faltar, é claro. Ele surge em três artigos, um deles versando sobre a produção de super-heróis que defendem valores islâmicos, como Zein, o último faraó, e Jalila, protetora da cidade de todas as crenças, ambos produzidos no Egito, e a super-heroina libanesa Malaak, o anjo da paz, de autoria de Joumana Medlej (suas aventuras podem, inclusive, ser lidas em inglês, na internet, no endereço http://www.malaakonline.com/) . Os dois últimos artigos da revista são escritos por autores brasileiros. O cineasta Eduardo Souza Lima mergulha nas características mais sombrias dos heróis atuais, como Batman e os heróis da consagrada minissérie Watchmen, de Alan Moore e Dave Gibbons, enfocando a adaptação dos personagens super-heroísticos às características do novo século. Por sua vez, as historiadoras Michele Evangelista e Patrícia Araújo debruçam-se sobre a máscara utilizada pelo protagonista da minissérie V de Vingança, também roteirizada por Alan Moore, analisando como esta se transformou em símbolo de manifestantes no mundo inteiro, inclusive no Brasil.

Com conteúdo polêmico e instigante, esse número da revista é um indicador do impacto dos personagens super-heroísticos nos últimos 70 anos, desde que o primeiro personagem desse tipo foi ficcionalmente avistado voando nos céus de uma grande cidade, causando dúvida se era um pássaro ou um avião. A um preço bastante acessível - pouco menos de 14 reais -, ele não pode faltar na estante de todos os que estudam ou simplesmente admiram os super-heróis dos quadrinhos. 

Prof. Dr. Waldomiro Vergueiro

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Definida a data das 3as Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos



As 3as Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos serão realizadas de 20 a 23 de agosto de 2015, na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Proximamente, estaremos divulgando a primeira circular e a chamada para trabalhos.

Prof. Dr. Waldomiro Vergueiro

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

V Encontro Ncional de Estudos da Imagem e II Encontro Internacional de Estudos da Imagem




A Comissão Organizadora do V Encontro Nacional de Estudos da Imagem e II Encontro Internacional de Estudos da Imagem, a ser realizado na Universidade Estadual de Londrina, entre os dias 19 e 22 de maio de 2015, acabou de divulgar sua primeira circular.

O evento, uma iniciativa do Laboratório de Estudos dos Domínios da Imagem (LEDI) destina-se a todos os estudiosos da imagem, nas diversas áreas e campos de pesquisa, como, cinema, fotografias, caricaturas, grafites, histórias em quadrinhos, iluminuras etc. , compreendendo um amplo universo de objetos de reflexão . 

O evento será composto por conferências, mesas redondas e espaço para comunicações. Prevê-se também a presença de intelectuais de várias áreas.

Maiores informações poderão ser obtidas no website do evento (http://www.uel.br/eventos/eneimagem/2013/comissao.php) e na pagína do Facebook do LEDI (https://www.facebook.com/ledi.uel), onde já está disponível a primeira circular, em português, inglês e espanhol.

É um ótimo espaço para apresentarmos nossas pesquisas sobre histórias em quadrinhos.

Waldomiro Vergueiro 

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Ata do Colóquio Científico do Observatório de Histórias em Quadrinhos, realizado em 3 de outubro de 2014



A reunião iniciou-se às 20:00 horas com a presença das seguintes pessoas: Waldomiro Vergueiro, Roberto Elísio dos Santos, Nobuyoshi Chinen, Douglas Pigozzi, Camila de Souza P. Ribeiro, Rafael de Vasconcelos Amorim, Cristiane Santana Mathias, Omar A. Sanchez, Gazy Andraus, Moisés Baptista, Angela C. Franco, Núbia Leme Borges, Regina Maria de Almeida, Marlene dos Santos, Celbi Vagner Melo, Diego de Kerchove, Leandro Chaves Mota, Regina Behar, Washington Luiz dos santos, André Moreira de Oliveira, Núbia Lemes Borges, Angela C. Franco, Regina Maria de Almeida e Marlene Santos.

Dando início aos trabalhos, o Prof. Waldomiro Vergueiro solicitou àqueles que estavam chegando pela primeira vez que se apresentassem, bem como falassem sobre os interesses que os levaram à reunião do grupo. Desse modo, um grupo de profissionais ligados à Secretaria de Cultura de Barueri (Núbia Lemes Borges, Angela C. Franco, Regina Maria de Almeida e Marlene Santos) relatarou seus interesses pelos trabalhos desenvolvidos pelo Observatório de Pesquisas em Histórias em Quadrinhos, objetivando firmar parcerias de trabalho e tomar conhecimento das pesquisas no campo dos quadrinhos. Informaram ainda que estavam organizando uma Gibiteca naquela cidade. Estavam presentes além desses representantes de Barueri, Cristiane Santana Mathias realizadora de eventos de quadrinhos e o desenhista de mangás Rafael de Vasconcelos.  Em seguida, o professor Waldomiro fez circular entre os presentes um folheto em quadrinhos produzido pela equipe de campanha para presidente de Marina Silva, considerando que há nesta iniciativa de marketing o reconhecimento do potencial que os quadrinhos comportam. Cristiane Santana fez circular também, com a mesma temática, um material de campanha de Eduardo Suplicy, elaborado por Ziraldo.  O Prof. Waldomiro informou também sobre um recente levantamento de pesquisas acadêmicas em quadrinhos realizado para sua conferência na abertura do Viñetas Serias 2014 que acontecerá entre 8 e 10 de outubro, na cidade de Buenos Aires. De acordo com a pesquisa, realizada a partir das bases de dados do CNPq/Lattes, entre 2011 e 2012, trariam a informação de que foram defendidos 146 trabalhos (entre mestrados e doutorados) sobre quadrinhos.  Informou também que já estão marcadas as datas para as 3as. Jornadas Internacionais de Quadrinhos, evento que será realizado entre 18 e 21 de agosto de 2015. Em seguida, o Prof. Roberto Elísio fez circular entre os presentes algumas HQs publicadas, informando que também houve o recente lançamento de um trabalho em HQ sobre Adoniran Barbosa.  Dando sequência, o Prof. Gazy Andraus justificou a ausência da pesquisadora Edilaine Correa, em virtude do encerramento do evento Quadrinhos na PUC, nesta mesma ocasião, assim como de Dani Marino, por problemas de saúde em família. Trouxe informações sobre sua viagem ao Rio Grande do Sul e sua participação em Evento da Associação dos Pesquisadores em Arte Sequencial – ASPAS, indicando o avanço das pesquisas, constatado também na ocasião e região onde foram apresentados muitos trabalhos, além de homenagem póstuma para o Prof. Elydio dos Santos Neto, pesquisador de Histórias em Quadrinhos da Universidade Federal da Paraíba falecido em 2013, autor de vários títulos, tendo sido sua última publicação a obra “Histórias em Quadrinhos e Práticas Educativas”. A estudante Camila de Souza Peixoto Ribeiro solicitou a divulgação de seu blog sobre quadrinhos: enquadrinhos.wordpress.com, onde podem ser consultadas resenhas e outros materiais sobre quadrinhos.  Na sequência foram apresentados e discutidos os dois trabalhos  em pauta para a reunião: 1) O Projeto de pós-doutorado da Profa. Regina Maria Rodrigues Behar, do Departamento de História da Universidade Federal da Paraíba, desenvolvido sob supervisão do Prof. Waldomiro Vergueiro, intitulado “O Baú e Maria: Fragmentos históricos de uma mulher da saia grande e uma certa magia” que se volta sobre a obra de Henrique Magalhães. Além do projeto, a pesquisadora apresentou um documentário de onze minutos intitulado Eu sou Maria  realizado em parceria com o professor e cineasta Matheus Andrade do Departamento de Comunicação de mesma instituição de ensino, como a primeira produção vinculada ao tema. Em seguida, o pesquisador André Moreira de Oliveira apresentou sua dissertação de Mestrado, recentemente defendida desenvolvida no Programa de Pós-graduação em História FFLCH-USP, sob a orientação da Profa. Dra. Maria de Lourdes Janotti, intitulado A moral como mercadoria: A produção de Maurício de Souza na Folha de São Paulo 1963-1970. Após a apresentação e debate, os trabalhos foram encerrados, ficando marcada a próxima reunião do Observatório de Quadrinhos para o dia 7 de novembro de 2014. São Paulo, 06 de outubro de 2014.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Colóquio Científico do Observatório de Histórias em Quadrinhos - Outubro de 2014

O próximo Colóquio Científico do Observatório de Histórias em Quadrinhos da ECA/USP será realizado nesta sexta-feira, 03 de outubro de 2014, na sala 260 do Departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA, das 20 às 22 horas.

Este mês, o colóquio terá a seguinte programação:

1. Apresentação do projeto de pós-doutorado da professora Regina Maria Rodrigues Behar, do Departamento de História da Universidade Federal da Paraíba. Desenvolvido na Escola de Comunicações e Artes da USP, sob minha supervisão, o projeto de pós-doutorado denomina-se O Baú de Maria: Fragmentos históricos de uma mulher de saia grande e uma certa magia. Na oportunidade, teremos também a apresentação do documentário Eu sou Maria!, primeiro resultado da pesquisa.

2. Apresentação da dissertação de mestrado de André Moreira de Oliveira, denominada Moral como Mercadoria: A produção de Maurício de Sousa na Folhinha de S. Paulo (1963-1970), desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em História Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, sob a orientação da Profa. Dra. Maria de Lourdes Monaco Janotti.

Todos são bem vindos.

Prof. Dr. Waldomiro Vergueiro

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Pesquisa concluída: A narrativa visual de Lourenço Mutarelli: O uso fragmentado da linguagem dos quadrinhos em seus primeiros romances gráficos



A pesquisa foi desenvolvida como Dissertação de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Letras, Área de Concentração Teoria da Literatura da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de São José do Rio Pretopor Guilherme Lima Bruno E. Silveira, sob orientação do Prof. Dr. Álvaro Luiz Hattner. 

O estudo analisou a obra de Lourenço Mutarelli, autor que teve uma produção quadrinística intensa durante a década de noventa. Após um período produzindo fanzines e histórias curtas, ele passou a criar uma série de álbuns com histórias densas, marcadas por personagens perturbadas. A pesquisa, assim, buscou refletir sobre a narrativa presente nos álbuns Transubstanciação, Eu te amo, Lucimar e Confluência da Forquilha, visando terminar como Mutarelli desenvolve sua construção quadrinística,  identificando as especificidades da narrativa visual de Lourenço Mutarelli e, consequentemente, algumas possibilidades dalinguagem dos quadrinhos. Constatou que a obra de Mutarelli é diferenciada e autoral, seus recortes narrativos fragmentados, a visão de um mundo deformado e caótico, a união de diferentes formas visuais - desenhos ora realistas, ora deformados, misturados a elementos fotográficos - e verbais - falas coloquiais se misturando a poemas e notas explicativas - que acarretam em umaobra plural, que necessita de um esforço criativo para o processo de leiturae análise, uma vez que extrapola os limites de análises tradicionais, inspirando a subjetividade e a incerteza. 

Ainda que seja autor de grande importância para a HQ nacional e tenha sido um dos precursores dos romances gráficos no Brasil, muito de sua produção quadrinhística ainda não foi amplamente estudada, a se destacar seus primeiros álbuns. Assim, o estudo pretendeu delimitar alguns aspectos da poética do autor, além de possibilidades de leitura desses trabalhos que representam um marco para as histórias em quadrinhos brasileiras.

Maiores informações sobre o trabalho podem ser obtidas diretamente o autor.

Prof. Dr. Waldomiro Vergueiro